Profissional Digital

dicas seo aparecer primeira pagina google

8 Dicas de SEO Para Seu Site Aparecer Na Primeira Página do Google

A competição para aparecer na primeira página do Google pode ser grande, mas com essas 8 dicas de SEO seu site pode estar lá no topo. Veja como.

Sumário

O SEO (Search Engine Optimization) evoluiu de várias maneiras ao longo dos anos.

Mas uma coisa que não mudou é a importância de aparecer na primeira página dos resultados de pesquisa do Google.

Se você ainda acha que SEO é ter um link aqui, outro alí e fazer anúncios, então continue lendo porque você pode se surpreender.

Mesmo com todos os novos recursos SERP (Search Engine Result Page) como resultados avançados e personalizados, continua sendo verdade que a aparecer na primeira página para palavras-chave importantes para você é garantia de tráfego orgânico para seu site, loja virtual.

De acordo com um estudo de 2020, a taxa de cliques para um resultado da posição 10 (geralmente na parte inferior da primeira página)  é 3,11%.

É um número baixo, mas ainda mais alto do que muitas taxas de clique em anúncios.

Embora o estudo não tenha medido abaixo do décimo resultado, é de conhecimento público que após a primeira página os cliques caem rapidamente para quase zero.

Quando foi a última vez que você foi além da primeira página para encontrar o que estava procurando?

Dependendo da pesquisa, a competição por um espaço na primeira página do Google é feroz.

Mas com o trabalho certo e esforço de SEO, é possível.

Vamos ver agora alguns dos melhores métodos para ajudar seu site a aparecer na primeira página do Google.

1. Melhore os links internos

Coloquei os links internos em primeiro lugar porque é uma das táticas mais fáceis de implementar e que pode ter efeitos positivos.

A estrutura de links internos do seu site é uma das principais maneiras como o Google avalia do que trata o seu site.

E quanto melhor o Google entender isso, mais páginas ele pode classificar para você.

Além disso, links estrategicamente aplicados entre suas páginas podem resultar na construção de melhor autoridade sobre seus tópicos principais, aumentando a chance de que o Google queira classificá-lo melhor nesses tópicos.

Vinculação de links internos significa vincular páginas onde faz mais sentido para seus visitantes.

Em outras palavras, não é apenas vincular qualquer página a qualquer outra página.

Em vez disso, procure oportunidades em que páginas específicas adicionem ou aprimorem as informações na página que o usuário acessa.

Não apenas seus usuários se beneficiarão com o acesso a informações mais relevantes, mas os mecanismos de pesquisa também irão apreciar isso e pelo mesmo motivo: mais benefícios para seus usuários.

Esse tipo de interligação estratégica também mostra ao Google que você tem uma cobertura completa do tópico, passando confiança e autoridade.

Isso faz com que os usuários que visitam seu site fiquem satisfeitos e felizes.

2. Encontre suas páginas de limite

As páginas de limite são aquelas que estão atualmente classificadas logo abaixo da primeira página, geralmente nas posições de 11 a 20.

Elas provavelmente produzem pouco ou nenhum tráfego para você, mas com um pequeno ajuste, elas podem subir para as primeiras posições.

As páginas de limite devem estar na sua lista de prioridades porque levar essas páginas para o topo é mais fácil do que classificar um novo conteúdo.

3. Faça uma pesquisa de conteúdo competitivo

Se você tem páginas importantes que não estão aparecendo na primeira página, há uma verdade que você deve aceitar: as outras páginas tem algo que você não tem.

Embora não saibamos todo o raciocínio que o Google usa para decidir por que essas páginas são classificadas acima da sua, muitas coisas podem ficar aparentes após uma pesquisa competitiva.

Isso significa que você deve passar um tempo olhando as páginas que aparecem nos resultados com classificação acima da sua e compará-las cuidadosamente com sua página.

Aqui estão algumas perguntas a serem feitas sobre cada página competitiva:

  • O conteúdo é de qualidade visivelmente melhor (mais completo, passa autoridade sem falar sobre o público-alvo, inclui informações e fontes mais relevantes)?
  • Está melhor escrito?
  • Elas contém palavras-chave / tópicos que sua página não contém?
  • Elas tem melhores links internos para outras páginas do site?
  • Outras páginas relevantes têm links para ele?
  • O perfil do link externo (backlinks) é maior e/ou de melhor qualidade?
  • Contém “extras” que podem ser úteis para os visitantes (imagens, gráficos, vídeos, tabelas, etc.)

Embora você não queira copiar as páginas que superam as suas, o que eles estão fazendo – e você não – ainda assim elas podem fornecer boas dicas sobre como melhorar sua página para entrar na disputa com elas.

clique aqui e assine

4. Mova as páginas importantes para cima na navegação do site

Essa técnica não pode ser usada para todas as páginas do seu site, mas pode fazer muito pelas páginas mais importantes.

Uma das maneiras que o Google avalia a importância de uma página é sua distância da página inicial por meio de sua navegação interna.

Sua página inicial normalmente obtém a maioria dos links externos e, portanto, a maior autoridade de página em seu site.

Essa equidade de link flui para outras páginas vinculadas a partir da página inicial, com as vinculadas diretamente recebendo a maior parte da autoridade.

hierarquia de links internos website
Mover suas páginas mais críticas para mais perto da página inicial aumentará sua autoridade e, portanto, sua capacidade de classificação mais elevada.

Sou um Profissional Digital há mais de 10 anos.

Seja um Profissional Digital você também!

5. Torne seu site compatível com dispositivos móveis

Essa dica parece ser óbvia, mas se você ainda não tornou seu site otimizado para celular, agora é a hora de fazê-lo.

Já ultrapassamos o ponto de inflexão em que a maioria das pesquisas começam em dispositivos móveis.

A compatibilidade com dispositivos móveis faz parte da atualização da experiência do usuário na página, e é lógico que o Google dará preferência a conteúdo pronto para dispositivos móveis.

Qualquer coisa que você puder fazer para tornar o seu site mais amigável irá cada vez mais corresponder às metas que o Google estabeleceu para seus algoritmos de classificação de pesquisa.

6. Ganhe / construa mais links, ou seja, faça networking do seu site

O Google nos deu muito mais para considerar atualmente em termos de classificação (qualidade e relevância do conteúdo, relações semânticas e de entidade e muito mais), mas os bons e antigos backlinks permanecem altamente correlacionados com a capacidade de classificação das páginas.

Ganhar links significa criar conteúdo que seja tão bom e confiável que outros sites desejem criar um link para ele como uma referência, enquanto a construção de links envolve a busca ativa de oportunidades para links relevantes de sites confiáveis.

7. Tente conquistar trechos em destaque

Aparecer no topo das pesquisas orgânicas do Google é um trabalho difícil, mas necessário.

Os trechos em destaque (snippet features) são um recurso do Google em que um dos principais resultados é promovido em uma caixa na parte superior da página de resultados da pesquisa.

Por exemplo, digite ou fale para o Google assim:

“Como será o marketing em 2030?”

trecho em destaque google

Embora os trechos em destaque possam ajudar muito a satisfazer a consulta do usuário, a minha experiência como expert em SEO mostra que os trechos em destaque geram muito tráfego, pois os usuários desejam saber mais do que é mostrado no trecho.

Vale lembrar que, não há uma maneira garantida de ser mostrado em um trecho em destaque, mas aqui estão algumas coisas que você pode fazer para aumentar suas chances:

  • Observe as variações de sua palavra-chave na pesquisa do Google para ver se um trecho em destaque é mostrado para alguma delas, a fim de identificar oportunidades. Algumas ferramentas de SEO identificarão essas oportunidades para você automaticamente. Os snippets em destaque são exibidos com mais frequência para palavras-chave com intenção informativa ou onde a consulta é uma pergunta.
  • Quando você ver um trecho em destaque, observe a estrutura do conteúdo em destaque. É uma tabela, texto de parágrafo, lista de marcadores, vídeo ou outros tipos? Embora possa não ser necessário copiar o formato, isso pode fornecer uma pista sobre o tipo de conteúdo que o Google prefere para esta consulta.
  • Olhe para a sua página com melhor classificação para a consulta. Veja como você pode melhorá-la para torná-la mais atraente para o Google colocar em um trecho em destaque.

O Google deseja um conteúdo que responda de forma clara, concisa e precisa à intenção da consulta do usuário.

8. Atualize suas páginas que tem maior classificação

Existe um ciclo de vida para o conteúdo publicado no seu site.

Algum tempo depois de o conteúdo ser publicado, ele começa a crescer em classificação e, portanto, em tráfego.

Mas com o tempo, o tráfego começará a diminuir.

Por que isso acontece?

Alguns motivos possíveis incluem:

  • Conteúdo mais recente, melhor e / ou de autoridade superior foi publicado por terceiros.
  • A intenção da consulta mudou com o tempo.

Seja qual for o motivo que fez com que seu conteúdo diminuísse em tráfego, existem maneiras de dar a volta por cima.

Emenda de conteúdo rico em palavras-chave

A emenda é um método a ser aplicado quando o conteúdo ainda tem um bom desempenho.

Pode ajudar a página de conteúdo a continuar a prosperar em vez de afundar no declínio.

A técnica de emenda envolve a identificação de páginas em seu site que são classificadas por um número de palavras-chave acima da média.

Isso pode parecer uma coisa boa, mas na verdade representa oportunidades perdidas, porque algumas dessas palavras-chave não estão classificadas tão bem quanto poderiam.

Para unir, você identifica as palavras-chave de menor desempenho para a página atual que ainda têm potencial.

Essas podem ser consultas em que a página está classificada na página dois dos resultados do Google ou em uma posição baixa na primeira página, mas com alta demanda.

Depois de identificar essas oportunidades, crie novas páginas de conteúdo com foco na intenção específica dessas palavras-chave e, em seguida, interligue essas páginas com sua página de classificação atual original.

Isso dá ao Google melhores páginas de destino para um grupo de tópicos em que você já provou ser autoridade.

Conclusão

Se o seu conteúdo já está no estágio de declínio no seu ciclo de vida, você pode precisar considerar eliminá-lo, especialmente se estiver muito desatualizado ou irrelevante.

No entanto, você consegue resgatá-lo aprimorando a página para torná-la mais competitiva.

Para fazer isso, pesquise as principais palavras-chave para as quais deseja que a página seja classificada e passe algum tempo examinando o conteúdo de todas as páginas classificadas acima da sua.

Pergunte a si mesmo o que eles incluem que sua página não inclui.

Existem palavras-chave, tópicos, recursos (imagens, vídeos, etc.), links ou outros elementos que você poderia adicionar à sua página?

Rod Lopes

Rod Lopes

Rod Lopes é um Profissional Digital. Mais de 10 anos transformando ideias em negócios online e ajudando pessoas e empresas a se posicionarem melhor no mercado online. Mentor de Profissionais de Marketing Digital que querem dar um UP na carreira. Investidor Digital considerado um dos melhores Profissionais Digitais do Brasil.

Se você gostou deste artigo, deixe seu comentário e compartilhe. Só assim vou saber se estou contribuindo e como posso melhorar. Obrigado!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish
blank
Começar Conversa
1
Estou aqui para te ajudar, ok?
Ajudo pessoas e empresas a se posicionarem melhor no mercado online para que possam vender mais. Se é disso que você precisa, comece uma conversa comigo.