Profissional Digital

posição zero do google é bom. sera?

Posição Zero do Google é bom. Será?

Saiba como se adaptar à diminuição de cliques na primeira página dos resultados de pesquisa se o seu site aparece na Posição Zero do Google.

Hoje em dia, metade de todas as pesquisas feitas nos motores de busca não resulta mais em cliques nos resultados de pesquisa orgânica da primeira página.

E para piorar, antes de exibir qualquer resultado de pesquisa orgânica na primeira página, o Google exibe anúncios seguidos, quase sempre, de um carrossel de vídeo, uma caixa “As Pessoas Também Perguntam”, lista de negócios locais do Google Meu Negócio, e por aí vai.

E os resultados orgânicos? Estão aparecendo cada vez mais para baixo pois quase não há espaço na primeira página para os resultados de pesquisa orgânica.

Pra falar a verdade, este comportamento – que já existe há anos – vem prejudicando o direcionamento de tráfego para os sites que aparecem na primeira página dos resultados de pesquisa orgânica dos motores de busca.

Com isso, também houve um aumento da tão famosa Posição Zero do Google, que são resultados de pesquisa onde o Google fornece a resposta na própria página de resultados de pesquisa evitando a necessidade de clicar em um site de destino para encontrar o que o usuário está procurando.

Uma pesquisa realizada em junho de 2019, e analisada pela Sparktoro, menos da metade de todas as pesquisas do Google (somando computador e celular) resultou em cliques.

posição zero do google é bom

Posicionar seu site para receber tráfego orgânico deve ser prioridade na estratégia de marketing da sua empresa.

As empresas precisam estar cientes de como a Posição Zero do Google pode afetar seus resultados na pesquisa orgânica e o que pode ser feito para manter o fluxo ​​de tráfego em seus sites.

Como se adaptar ao tráfego de pesquisa com a Posição Zero do Google x Diminuição de Tráfego

Houve um tempo em que as SERPs do Google eram bem simples: alguns anúncios na parte superior da página, seguidos por 10 resultados orgânicos.

À medida que os mecanismos de pesquisa se tornam mais inteligentes em entender a real intenção de pesquisa do usuário, há uma infinidade de recursos do Google que são exibidos dependendo da natureza da pesquisa.

Vou usar como exemplo a palavra-chave “cafeteira com moedor de grãos” (amo café).

Essa pesquisa exibe quatro recursos do Google antes do primeiro resultado orgânico: a SERP mostra um carrossel de vídeo, imagem de compras, uma caixa As Pessoas Também Perguntam (APTP), negócios locais e, finalmente, o primeiro resultado de pesquisa orgânica.

blank
blank
blank

O que pode ser feito? Aqui estão algumas dicas que os profissionais de marketing digital podem usar para manter um fluxo constante de visitantes em seus sites.

1 – Capture o tráfego de pesquisas locais

De acordo com o Google, nos últimos anos 46% de todas as pesquisas são pesquisas feitas para obter informações de negócios locais.

blank

Como resultado, o Google Meu Negócio é acionado e está presente em quase metade de todas as pesquisas.

Se você não tem um perfil ativo no Google Meu Negócio para o seu site ou loja virtual, está perdendo tráfego.

2 – Configure o Featured Snippet (Trechos em Destaque)

O Trecho em Destaque é a primeira coisa que o usuário vê nos resultados da pesquisa porque pode fornecer a resposta que o usuário está procurando em um parágrafo, lista ou tabela.

A primeira impressão que temos é que a Posição Zero do Google é bom. Por outro lado, é importante analisar os resultados do seu negócio para entender até que ponto é interessante, ou não, ter este recurso ativado para a palavra chave que você decidiu rankear.

No exemplo abaixo, meu artigo “Como será o marketing em 2030” aparece na Posição Zero do Google. Mas isto não diminuiu os cliques porque o conteúdo apresentado desperta o interesse de saber mais sobre o assunto do título.

blank

Para consultas informativas, como listas, em que os usuários exigem mais detalhes, o featured snippet oferece aos sites a oportunidade de aumentar o tráfego porque ele incentiva o clique apresentando até oito itens da lista, forçando o usuário a clicar para ver a lista inteira.

blank

3 – Otimize para a caixa “As pessoas também perguntam”APTP

Um dos recursos que tem ajudado a diminuir o tráfego orgânico é a caixa As Pessoas Também Perguntam – APTP.

Este recurso consiste em três ou quatro perguntas relacionadas que são exibidas na caixa. Se você clicar em um, mais três aparecerão.

As perguntas adicionais que aparecem para cada clique são infinitas e praticamente aumentam as listagens orgânicas cada vez mais na página.

blank

Assim como os trechos em destaque, você também pode otimizar sua página simplesmente com o HTML correto e a marcação de dados estruturados para ter sua pergunta e resposta listadas na APTP.

A caixas do APTP aparecem em aproximadamente 90% de todas as pesquisas, o que significa que você não pode deixar de lado essas oportunidades para aumentar o tráfego do seu site.

4 – Identifique e otimize seu site para outros recursos da SERP que geram tráfego

Cerca de 20 recursos do Google são geralmente exibidos nas páginas de resultados. Cada um deles foi projetado para responder às intenções de pesquisa com mais precisão e melhorar a experiência do usuário.

Como profissionais de marketing digital e proprietários de empresas, precisamos aceitar e entender como funciona as pesquisas e seus resultados e nos adaptar implementando as estratégias que realmente geram tráfego.

Aproveite as oportunidades presentes usando os recursos do Google para obter estas vantagens.

Diversificar as fontes de tráfego para seu site é uma solução para preservar seu tráfego no caso de alterações no algoritmo de classificação orgânica, como esse que aconteceu recentemente em maio de 2020.

5 – Encontre fontes alternativas de tráfego

89% dos internautas preferem vídeo. Use o vídeo em sua estratégia de marketing digital para criar uma marca mais reconhecida e gerar tráfego adicional do YouTube, que é o segundo maior mecanismo de busca do mundo. O primeiro, obviamente, é o Google.

blank

Tornou-se mais comum os usuários pesquisarem no YouTube por análises de produtos ou aprenderem como fazer alguma coisa.

Crie um canal e escolha palavras-chave em que você possa responder à intenção de pesquisa do usuário e fornecer ao seu público soluções para os problemas relacionados a essas palavras-chave.

Um de meus clientes, ecomotorsbrasil.com.br, transformou todo o seu negócio, atendendo a seus clientes no YouTube.

Tornou-se uma alternativa de serviço ao cliente pois proporciona uma atenção personalizada a perguntas e problemas relacionados a seus produtos.

A empresa aumentou o tráfego para o site em torno de 70% através de vídeos de seus produtos e duplicou as vendas.

Tenha perfil nas redes sociais para criar uma rede de seguidores. Você poderá publicar seu próprio conteúdo e também compartilhar o conteúdo de outros membros.

Muitas empresas prosperam com o tráfego fornecido pelas mídias sociais, portanto, incorporá-lo ao seu plano de marketing digital diversifica seu tráfego e fortalece sua capacidade de gerar novos clientes.

6 – Proteja seu tráfego com Inbound Marketing

Coloque mais ênfase na preservação de seus clientes atuais e leads criando campanhas de marketing por email.

Essa estratégia fornece um dos melhores retornos de investimento em marketing pois potencializa visitas recorrentes no site, compras repetidas e acompanhamento com um nível mais alto de atendimento ao cliente.

Para refletir: Independentemente de quais alterações ou atualizações forem feitas nos mecanismos de pesquisa, elas não afetarão o tráfego que você pode direcionar a partir de uma lista de e-mails.

Continue se adaptando e se ajustando. O pensamento analítico e o marketing inteligente e adaptável são mais importantes agora do que nunca.

Embora tenhamos um declínio na taxa de cliques orgânicos por conta de recursos como a Posição Zero do Google, existem oportunidades de tráfego para proteger as perdas.

É importante reconhecer onde essas oportunidades estão e como você pode capitalizar.

Diversifique suas fontes de tráfego para obter resultados duradouros, atraindo visitantes que se convertem em leads e novos clientes.

Rod Lopes

Rod Lopes

Profissional Digital

Se você gostou deste artigo, deixe seu comentário e compartilhe. Só assim vou saber se estou contribuindo e como posso melhorar. Obrigado!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

blank
Começar Conversa
1
Estou aqui para te ajudar, ok?
Conte comigo para resolver seus problemas de Marketing Digital.
Desde Site/Loja Virtual até Tráfego Pago, Email Marketing, Logotipo, Identidade Visual.
O ideal é fazermos uma reunião.